A primeira-ministra da Estônia, Kaja Kallas, participa de uma cúpula da União Europeia em Bruxelas, Bélgica, em 1º de fevereiro de 2024. REUTERS

MOSCOU – A polícia russa colocou o primeiro-ministro da Estônia, Kaja Kallas, o secretário de Estado da Estônia, Taimar Peterkop, e o ministro da Cultura da Lituânia, Simonas Kairys, em uma lista de procurados, de acordo com o banco de dados do Ministério do Interior russo.

O banco de dados não informou por qual crime ou crimes eles eram procurados.

A agência de notícias russa TASS citou uma fonte dizendo que eles foram acusados ​​de “destruir monumentos aos soldados soviéticos”.



Fuente

Previous articleAdicione um toque de cor com 40% de desconto em arte descolada, decoração de casa e capas de tecnologia na Society6 – CNET
Next articleLisa Manobal, do Blackpink, fará sua estreia como atriz na terceira temporada de ‘The White Lotus’